Dúvidas Frequentes

  

::: N - Z :::

PARDAIS
1- Como controlar pardais?

PERERECAS

1- Como repelir "pererecas" em casa?

PIOLHOS

1- Como controlar piolhos em pássaros com filhotes? 
2- Como prevenir e controlar piolho na cabeça de crianças?
3- O que é o piolho?
4- Como controlar piolho e moscas em galinheiros?

POMBOS

1- Como afastar os pombos que infestam o telhado da minha residência?

PRAGAS DE JARDIM

1- Como eliminar as cochonilhas de modo caseiro sem inseticida?
2- Como controlar, pulgões, cochonilhas e cigarrinhas em jardim? 
3- Como eliminar tatuzinho de jardim?
4- Como controlara piolhos de cobra?
5- Como controlar a lagarta de fogo?
6- Como controlar a paquinha?
7- Como ter um jardim saudável e sem pragas?

PULGAS

1- Quais doenças são transmitidas pelas pulgas?
2- Como controlar pulgas dentro de casa?

RESISTÊNCIA

1- Como algumas pragas desenvolvem a resistência a certos inseticidas?

ROEDORES

1- Qual a diferença entre os raticidas de venda livre e os profissionais?
2- Repelentes eletrônicos para ratos são eficientes?
3- Como controlar roedores?
4- Qual o produto (líquido) mais indicado para exterminar ratos?
5- Como controlar ratos em canil?
6- Como controlar ratos no forro de casa?

TRAÇAS

1- Como controlar traças em estantes de livros?
2- Como controlar as traças de roupas?


PARDAIS

1- Como controlar pardais?

Não existe outra forma de controlar infestação por pardais se não a de impedir que eles façam ninhos no forro, através de uma perfeita vedação. 

Tente também jogar um pouco de naftalina no forro, os pardais não gostam do cheiro e poderão ir embora. Mas assim que a naftalina perder o cheiro, eles voltam.

Os métodos mais utilizados para controle  são o gel repelente e as espículas. 

VOLTAR AO TOPO


PERERECAS

1- Como repelir "pererecas" em casa?

O Brasil deve ter mais de 800 espécies de anfíbios anuros, como são classificados os sapos, rãs e pererecas. Elas representam um papel muito importante na natureza, pois alimentam-se de outros artrópodes (insetos, aranhas, etc) que podem ser pragas das plantas cultivadas ou de importância na saúde pública.
Os casos de grandes populações de pererecas deve-se principalmente ao ambiente livre de poluição e rico em alimentos para elas, que são as pragas para nós.

Aconselhamos que se utilize apenas barreiras físicas para impedir a entrada destes animais, tais como: telas de proteção nas janelas, protetor nos ralos, vedação de portas e etc.

VOLTAR AO TOPO


PIOLHOS

1- Como controlar piolhos em pássaros com filhotes?

Não se use inseticida, para não intoxicar os pássaros.  

A higiene e o monitoramento dos locais infestados é o melhor remédio.

Recomendamos os seguintes procedimentos:

1.Catação manual dos pássaros
2. Troca de gaiola.
3. Troca dos ninhos.
4. Limpeza das gaiolas com sabão neutro.
5. Para pegar os carrapatos ou piolhos nas paredes use uma fita adesiva.

Caso a infestação continue, procure um veterinário de sua confiança

VOLTAR AO TOPO

2- Como prevenir e controlar piolho na cabeça de crianças?

Já que é impossível evitar o contato entre as crianças em escolas, parques, etc, os conselhos mais eficazes para prevenir a invasão dos parasitas são:

-         Não compartilhar objetos pessoais como pentes, escovas, bonés, gorros, bandanas, tiaras, travesseiros, almofadas.

-         Manter os cabelos curtos ou presos;

-         Desinfetar com o pediculicida ou água quente (60 graus), objetos de uso pessoal que podem estar infestados;

-         Lavar com água quente (60 graus) fronhas, lençóis e toalhas de quem está com piolhos;

-         Limpar com aspirador de pó poltronas, almofadas e bichos de pelúcia, onde os piolhos podem ter ficado;

-         Passar periodicamente o pente fino de metal.

Para o controle dos piolhos no couro cabeludo, existem bons remédios de venda livre nas farmácias, mas dependendo do caso é aconselhável uma consulta a um médico dermatologista.

VOLTAR AO TOPO

3- O que é o piolho?

É um inseto que não voa, não pula, parasita o couro cabeludo, se alimenta de sangue humano e vive em torno de 30 dias. A fêmea deposita seus ovos (lêndeas) presos ao fio de cabelo e pode colocar até 300 ovos durante sua vida.

VOLTAR AO TOPO

4- Como controlar piolho e moscas em galinheiros?

No mercado existem vários produtos para o combate dos piolhos e carrapatos das aves, moscas do galinheiro e pulgas dos animais domésticos.

Se
não funcionar, recomendamos que entre em contato com uma empresa especializada no controle de pragas (dedetizadora)  que possa fazer um orçamento para o devido controle.

VOLTAR AO TOPO


POMBOS

1- Como afastar os pombos que infestam o telhado da minha residência? 

Para impedir que elas façam ninhos no seu forro, como primeira medida, recomendamos a vedação de vãos de acesso no forro do telhado, saídas de tubulações de serviço e outros espaços, com estruturas de tela, tapumes ou argamassa, conforme a característica do local.

Outra solução muito eficaz é a colocação de bandeirolas de cetim  (ou outro tecido brilhante) nos cantos e nos meios do telhado do prédio infestado. Os pombos não gostam destas bandeirolas, que refratam a luz, confundindo-os e forçando-os a irem embora.
 
Além dos métodos indicados, você poderá usar produtos repelentes na forma “gel” encontrados no mercado.

Se após a aplicação dos métodos indicados, ainda continuar a infestação procure contratar uma empresa controladora de pragas urbanas ou entre em contato com a Prefeitura da sua cidade, pois estes animais são protegidos  pelo IBAMA, e não podem ser mortos/envenenados.  

VOLTAR AO TOPO


PRAGAS DE JARDIM

1- Como eliminar as cochonilhas de modo caseiro sem  inseticida?

Recomendamos para o controle de cochonilha os seguintes procedimentos:
1-  limpe as folhas com algodão embebido em solução de água e álcool em quantidades iguais.
2-  Uma outra opção natural é a calda de fumo. Coloca-se o fumo (ou fumo de corda) de molho, filtra-se e pulveriza-se a planta com o líquido.

Caso não consiga ter sucesso com estes tratamentos, sugerimos o uso de produto químico apropriado para este tipo de praga, a base de óleo mineral ou não, que poderão ser encontrados em lojas especializadas em jardinagem amadora:

VOLTAR AO TOPO

2- Como controlar, pulgões, cochonilhas e cigarrinhas em jardim?

Estes insetos costumam “melar” as plantas infestadas. Os pulgões são insetos diminutos, com ou sem asas, com duas estruturas (semelhantes a dois pedúnculos) na região posterior do corpo (abdômen). As cochonilhas, normalmente são completamente aderidas aos galhos e folhas, sem pernas, com ou sem carapaça ou substância lanuginosa (semelhante a lã), sobre seu corpo. As cigarrinhas podem ser coloridas ou esverdeadas e secretam uma espuma semelhante a saliva.

Em todos os casos pulverizar a planta com uma solução de óleo mineral a 3%, ou inseticidas de jardinagem amadora indicados para estas pragas, seguindo criteriosamente as instruções contidas nos rótulos das embalagens. As aplicações devem ser feitas ao entardecer, quando o sol estiver ameno.

VOLTAR AO TOPO

3- Como eliminar  tatuzinho de jardim?

Os tatuzinhos-de-jardim são crustáceos terrestres, pertencentes a superfamília Oniscoidea, que possuem a capacidade de enrolarem-se como uma bola o que fornece proteção e auxilia na redução da perda d'água por evaporação.

Vivem sob pedras e matéria orgânica, tais como galhos e folhas e em jardins cujo solo apresenta grande umidade. São muito eficientes como decompositores, pois alimentam-se principalmente de matéria orgânica em decomposição. Raramente causam danos às raízes e às folhas das plantas, e isto ocorre só quando a infestação for muito alta.

Para controlar um pouco sua presença aconselhamos diminuir a umidade do seu jardim e mantê-lo limpo de folhas e galhos.

VOLTAR AO TOPO

4- Como controlara piolhos de cobra?

Os piolhos-de-cobra ou gongolôs são membros característicos da classe dos diplópodes, animais de corpo cilíndrico. São cerca de 7500 espécies descritas, vivendo sob folhas, pedras e troncos, de modo a evitar a luz. Alimentam-se de matéria morta animal e principalmente vegetal. 

Em cada segmento existem dois pares de patas, que podem variar de 9 a 200, dependendo da espécie. 

Enrolam-se em espiral se perturbados. Algumas espécies secretam, em glândulas especiais, um líquido de odor forte, contendo iodo e cianeto, que é usado para repelir predadores.

Existem vários inseticidas indicados para o controle desta praga, disponíveis em lojas de produtos para jardinagem amadora.

VOLTAR AO TOPO

5- Como controlar a lagarta de fogo?

Compre em qualquer loja de produtos para jardinagem amadora, um inseticida biológico a base de Bacillus thuringiensis. Pulverizar as folhas infestadas ao entardecer a cada 15 dias. A dosagem deverá ser a indicada pelo fabricante. Normalmente é de 10 ml de produto para cada litro de água. Misturar muito bem no pulverizador e aplicar imediatamente sobre as folhas (na maior área possível da planta infestada), principalmente em sua face inferior.

Evitar as horas mais quentes do dia (preferencialmente ao entardecer, por volta das 16 horas em diante).

As folhas serão consumidas pelas lagartas e após 24 ou 48 horas, as mesmas morrerão devido as toxinas da bactéria entomopatogênica. Evitar ficar  embaixo ou mesmo  próximo da árvore após a aplicação. As taturanas deverão cair após algum tempo e havendo pessoas sob a planta, haverá sério risco de ocorrer um acidente. Caso haja algum acidente (queimadura de taturana), o uso de gelo no local afetado é o mais recomendado.

Quanto ao inseticida biológico citado, ele é um produto seguro, mas não dispensa o uso de EPI's.  Máscara (neste caso, poderá ser uma mais simples), luvas e um chapéu, além de óculos de proteção, evitando entrar em contato excessivo com o produto na aplicação.

VOLTAR AO TOPO

6- Como controlar a paquinha?

Encharcar o gramado com uma solução de água e detergente de lavar louças é uma solução eficiente para o controle de paquinhas. Entretanto, este método só deve ser utilizado ao entardecer, quando o sol está bem fraco, pois o sabão queima as plantas. Caso, ao inundar o solo com a solução de sabão saia uma quantidade grande de paquinhas, faz-se necessário o controle químico.

Caso a infestação seja muito alta é necessário você usar um produto químico a base de piretróide. Existem vários produtos no mercado que utilizam esta base, indicados para jardinagem amadora.

VOLTAR AO TOPO

7- Como ter um jardim saudável e sem pragas?

É importante escolher as plantas adequadas ao sombreamento e ao sol pleno.

Plantar espécies de plantas em locais inadequados, como aquelas que necessitam de muito sol em áreas sombreadas, é decretar o insucesso do jardim.

Mas não é só a escolha das plantas que se faz necessário. Fazer sua manutenção também é muito importante. A manutenção consiste em podas quando forem necessárias, rega de acordo com as necessidades da planta e adubação.

Por causa das chuvas, o adubo penetra mais rapidamente no solo, tornando as plantas exuberantes. Plantas adubadas são menos suscetíveis ao ataque das pragas. É interessante, também, pulverizar as plantas com óleo mineral, para protegê-las de insetos sugadores, como cochonilhas, pulgões e moscas-brancas. A averiguação periódica das plantas é importante, pois infestações de insetos são vistas no início, o que facilita seu controle.

Quando ovos de lagartas ou percevejos são vistos, basta arrancar a(s) folha(s) e dispensá-la(s). Cochonilhas podem ser retiradas com o auxílio de um algodão úmido com sabão de coco. Formigas cortadeiras podem ser contidas, utilizando-se um cone invertido, feito de embalagem “pet” e lambuzado com graxa ou óleo queimado na parte inferior.

VOLTAR AO TOPO


PULGAS

1- Quais doenças são transmitidas pelas pulgas?

As pulgas não causam somente desconforto ao homem e seus animais domésticos, mas também problemas de saúde, tais como, dermatites alérgicas, transmitem viroses, vermes e doenças causadas por bactérias (peste bubônica, tularemia e salmonelose). Apesar das picadas serem raramente sentidas, a irritação causada pelas secreções salivares pode se agravar em alguns indivíduos. Algumas pessoas sofrem uma reação severa resultante de infecções secundárias ocasionadas pelo ato de coçar a área irritada. Picadas no tornozelo e pernas podem, em algumas pessoas, causar dor que pode durar alguns minutos, horas ou dias, dependendo da sensibilidade do indivíduo. Em algumas pessoas não ocorre qualquer reação. A reação típica da picada é a formação de uma pequena mancha dura, avermelhada com um ponto em seu centro.

Existem vários remédios de uso tópico, mas dependendo do caso é aconselhável uma consulta a um médico.

VOLTAR AO TOPO

2- Como controlar pulgas dentro de casa?

O controle da pulga dentro de casa começa com o tratamento do animal, tratando então a casa. Ambas as etapas têm que ser executadas e têm que ser feitas juntas, ou ao menos o animal de estimação deve ser tratado primeiramente.

Para o animal de estimação há alguns produtos muito eficazes no controle de pulga. O animal de estimação ou os animais de estimação devem ser tratados primeiramente antes que você possa livrar a casa das pulgas.

Mantenha a casa limpa e aspirada. Aspirar o tapete pode somente ajudar remover os ovos que as pulgas no animal de estimação deixaram cair, e talvez algumas larvas.

O controle efetivo se fará através da lavagem dos tapetes, visto que as larvas e adultos de pulgas se afogam facilmente ou ainda, através da aplicação de inseticidas indicados para o controle de pulgas.

Para controlar a presença de pulgas na área externa da casa (quintal e gramados) você poderá pulverizar inseticidas ou simplesmente molhá-la bem, já que as larvas da pulga são afogadas facilmente.

VOLTAR AO TOPO


RESISTÊNCIA

1- Como algumas pragas desenvolvem a resistência a certos inseticidas?

Qualquer agente de controle de pragas (insetos, fungos ou plantas daninhas) pode se tornar menos efetivo ao longo do tempo, se a praga-alvo desenvolver algum mecanismo de resistência a ele.

De maneira geral, isso ocorre porque existem naturalmente dentro da população das diferentes pragas, indivíduos que possuem algum mecanismo de resistência aos produtos utilizados para seu controle (inseticidas, fungicidas ou herbicidas). Esse mecanismo pode ser fisiológico ou físico. Essas populações resistentes normalmente encontram-se em número reduzido, mas ao ser utilizado continuamente um mesmo agroquímico (ou ainda produtos de marcas comerciais diferentes, mas que possuem o mesmo modo de ação), ocorre ao longo do tempo uma seleção dos indivíduos resistentes dentro da população original, que passa a ser dominante. A partir daí, podemos dizer que determinada praga tornou-se resistente a um determinado grupo de inseticidas, fungicidas ou herbicidas. Não se trata, portanto, de mutação. Trata-se de uma seleção.

Produtos de modo de ação muito específico, normalmente são mais suscetíveis a desenvolver resistência dentro de uma população de pragas. Produtos que possuem múltiplos sítios de ação, ao contrário, são menos suscetíveis.

VOLTAR AO TOPO


ROEDORES

1- Qual a diferença entre os raticidas de venda livre e os profissionais?

Os produtos de boas marcas existentes nos supermercados são exatamente iguais aos de venda profissional, a diferença esta somente na quantidade. O ingrediente ativo dos produtos existentes no mercado funciona como anticoagulantes sanguíneo, que interrompem o ciclo de formação da Vitamina K1, necessária para a produção de vários fatores de coagulação do sangue, causando hemorragias. O efeito é sentido no período de 3 a 10 dias após a ingestão, quando o animal morre devido hemorragias internas e externas.  Os antigos produtos que matavam instantaneamente, estão proibidos, devido principalmente aos casos de acidentes com animais domésticos e pessoas.

VOLTAR AO TOPO

2- Repelentes eletrônicos para ratos são eficientes?

Lamentavelmente não conhecemos o funcionamento destes equipamentos e não conhecemos nenhum trabalho cientifico a respeito  que prove a eficácia dos mesmos.
 
Segundo informações do mercado, estes equipamentos podem no primeiro momento causar uma certa estranheza aos roedores, que é superada com muita brevidade,  fazendo com que os mesmos se acostumem com o som e continuem no ambiente.

Por estes motivos, acreditamos que o uso destes repelentes podem ser considerados ineficazes assim como os indicados para repelir os dípteros.

VOLTAR AO TOPO

3- Como controlar roedores?

Os ratos e camundongos podem ser um incômodo sério, e suas fezes são geralmente o primeiro sinal que estão na casa.

O melhor programa de controle de ratos é prevenção; impedir seu acesso aos edifícios é melhor, mais barato e fácil, do que se livrar deles quando já estão no local. Dentro de casa, movem-se de um lugar para outro, e andam nas tubulações. Todos os potenciais pontos de acesso devem ser inspecionados e selados.

O melhor controle para ratos dentro das residências é a utilização de iscas de boa procedência, facilmente encontradas nos supermercados. Freqüentemente os camundongos morrem atrás de paredes e podem exalar forte odor por várias semanas. A estória de que eles ficam duros e secos após a ingestão destas iscas e não exalam cheiro não é verdade.

Adquira iscas de venda livre ao consumidor, de preferência do tipo pellet, em qualquer supermercado, mas tome os seguintes cuidados:

PRECAUÇÕES

  • Todos os raticidas são tóxicos
  • Verifique antes de realizar a desratização se todos os reservatórios de água estão bem fechados, incluindo as caixas d"água.
  • Após a desratização de uma determinada área deve-se recolher as iscas remanescentes e destruí-las. Cadáveres de roedores também devem ser eliminados, podendo-se enterrá-los em cova profunda para que cães não tenham acesso.
  • Não estoque raticidas junto a alimentos.
  • As iscas devem ser colocadas em locais inacessíveis para crianças e animais domésticos.
  • Distribuir algumas iscas dentro do forro e nos locais de passagem dos roedores.
  • Utilize somente produtos devidamente registrados pelo órgão competente (Ministério da Saúde.
  • Remova o lixo diariamente e esconda em local bem fechado, até a coleta.
Caso não obtenha sucesso, contrate uma empresa especializada relacionada na Seção Dedetizadoras de nosso site.

VOLTAR AO TOPO

4- Qual o produto (líquido) mais indicado para exterminar ratos?

Oficialmente, não existe raticida liquido no mercado, visto que sua comercialização é proibida. Esta proibição se deve à  ação aguda do mesmo e todo raticida de ação aguda é proibido.

VOLTAR AO TOPO

5- Como controlar ratos em canil?

Este caso é bastante complexo, por isso recomendamos a contratação de uma empresa controladora de pragas especializada no controle de roedores.

Esta empresa em visita ao local, poderá recomendar algum manejo para os cães, local e alimentação, de tal forma que  possa fazer o controle dos roedores por meio de iscas ou pó de contato, que são métodos imprescindíveis para um tratamento eficaz.

VOLTAR AO TOPO

6- Como controlar ratos no forro de casa?

Os ratos que moram em forro provavelmente são os ratos de telhado. Eles estão neste local porque encontram abrigo, água (caixa de água - verifique se está bem vedada para não ser contaminada). Você pode distribuir algumas iscas dentro do forro. Remova o lixo diariamente e esconda em local bem fechado, até a coleta.

Os ratos ao ingerirem a isca irão morrer. Se tiver vazamento no telhado ou caixa de água, os ratos mortos apodrecerão e o cheiro será insuportável.

Adquira iscas de venda livre ao consumidor, de preferência do tipo pellet. Caso não obtenha sucesso, contrate uma empresa especializada relacionada na Seção Dedetizadoras de nosso site.

VOLTAR AO TOPO


TRAÇAS

1- Como controlar traças em estantes de livros? 

Para o controle de traças de livros, você poderá utilizar qualquer inseticida aerossol de venda livre, encontrado nos supermercados, que deverá ser aplicado conforme rótulo/bula. Paralelo à aplicação do inseticida, você deverá seguir os seguintes métodos de controle/prevenção, para prevenir o ataque destes insetos ou evitar que sua população aumente:

  1. Controlar ou eliminar pontos de umidade, tais como vazamentos de encanamentos.
  2. Evitar acúmulo de jornais, livros e revistas velhas ou outras fontes de alimento.
  3. Selar frestas e ranhuras na estrutura, onde estes insetos podem se abrigar.
  4. Evitar a entrada de material proveniente de locais com histórico de infestação por traças (caixas de papelão, pilhas de livros, jornais, revistas, etc.).
Limpar periodicamente livros e outros materiais estocados que podem servir de alimento.

VOLTAR AO TOPO

2- Como controlar as traças de roupas?

Para o controle de traças de roupas,  você poderá utilizar qualquer inseticida aerossol de venda livre, encontrado nos supermercados, que deverá ser aplicado conforme rótulo/bula . Paralelo à aplicação do inseticida, você deverá seguir os seguintes métodos de prevenção:
 
- Manter a casa sempre limpa, como você vem fazendo, é a forma mais adequada para prevenir e controlar as traças das roupas.
- Nunca deixe roupas e tapetes empilhados em locais escuros por longo tempo.
- Retire-os periodicamente para banho de sol ou lavagem.
- Nunca guarde roupas usadas dentro do guarda-roupas. Lave-as sempre antes de guardar e passe-as com ferro quente, pois os ovos serão mortos.
- Passe sempre o aspirador de pó, utilizando o bico adequado para frestas, nos locais de difícil acesso para a vassoura ou espanador. Desta forma, os casulos são aspirados evitando danos e reinfestações.

Depois de tomar estas providências, caso a infestação ainda persista, será preciso a contratação de uma empresa controladora de pragas “dedetizadora".

VOLTAR AO TOPO

 

 

Copyright © 2004 SPCA Brasil. Todos os direitos reservados.
O uso das informações contidas neste site estão sujeitas aos
Termos de Uso e Limitações.
Comentários e Sugestões: webmaster@pragas.com.br.