Coleção de Insetos


 

COMO COLETAR, PRESERVAR E COLECIONAR INSETOS

Muitas pessoas gostam de colecionar os mais diversos objetos, como canetas, isqueiros, caixas de fósforo, lápis, etc. E por que não colecionar insetos?

Para isso deve-se ter um conhecimento básico sobre como coleta-los, monta-los e armazena-los adequadamente. Uma coleção bem cuidada pode abrigar insetos muito interessantes, de formas e cores diversas. Com o tempo, pode-se aprofundar sobre a biologia de cada um deles, seus hábitos e formas de vida.

Grandes coleções de insetos podem ser feitas com equipamento barato. Puçás (redes em forma de coador atadas em um cabo de madeira) e um frasco mortífero são os mais importantes.

PUÇÁ

O puçá serve para dois propósitos. “Varrer a vegetação” para que os insetos caiam lá dentro ou coletar os insetos em pleno vôo, como abelhas, borboletas, vespas, besouros e outros insetos.


Puçá

A rede do puçá deve ser resistente o suficiente para não rasgar enquanto é passada sobre a vegetação e deve ter uma malha fina que possibilite a entrada de ar e luz. O puçá pode ser comprado em casas especializadas ou ser confeccionado em casa.

FRASCO MORTÍFERA

Após serem coletados, os insetos devem ser mortos o mais rápido possível, sem que se quebrem ou sejam danificados.

Um frasco mortífero é feito para esse propósito.

O colecionador deve ter pelo menos dois frascos mortíferos. Um maior para grandes insetos, como borboletas e libélulas e um menor para os pequenos insetos.

Removedores de esmalte podem ser utilizados como agentes asfixiantes para os insetos.

Selecione um vidro com boca larga e tampa de rosca, como os utilizados para armazenar palmito ou azeitona. Não use frascos de plástico.

Forre o fundo com chumaços de algodão. Umedeça-os com o removedor de esmalte. Sobre estes coloque filtro de papel cortado no diâmetro do frasco de forma que cubra bem o algodão. Tampe o frasco e deixe-o pronto para uso. O removedor deve ser reposto quando tiver evaporado.

Coloque o inseto capturado dentro do frasco, sobre o papel filtro e deixe-o lá até que esteja morto.

COMO MONTAR OS INSETOS

Os insetos devem ser alfinetados com alfinetes entomológicos, adquiridos em casas especializadas. Alfinetes comuns enferrujam e danificam os insetos em pouco tempo.

Os alfinetes entomológicos são vendidos em vários tamanhos, mas os de números 2 e 3 são os mais utilizados.

Qualquer inseto que seja grande o suficiente para não ser danificado quando espetado no alfinete, pode ser montado. Este deve ser atravessado na região do tórax do inseto (entre as pernas). Os diferentes grupos de insetos possuem características importantes para a identificação e o alfinete deve ser espetado no local certo, como se segue:


Esquema de montagem de insetos de várias ordens.
Fonte: Borror & Delong (1988)


Montagem de borboletas e mariposas.
Fonte: Borror & Delong (1988)
.

  1. Abelhas, vespas, moscas, etc.: Espete o alfinete no tórax do inseto entre as bases das asas, deslocado para a direita;
  2. Percevejos e barbeiros: espete o alfinete através do escutelo (mais à direita) que fica localizado no tórax. O escutelo é semelhante a um triângulo que fica entre as asas;
  3. Grilos, gafanhotos, besouros, etc.: Espete no tórax, mais à direita da linha central;
  4. Borboletas e mariposas – espete o alfinete entre as asas.

Obs.: As borboletas devem ter as asas esticadas logo após sua morte. Para isto, faça uma base de madeira ou isopor com um sulco central. Deposite o inseto com o ventre para baixo. Com o auxílio de uma pinça abra as asas como mostra a figura. Para mantê-las abertas, coloque uma fita de papel fixa em ambas extremidades com alfinetes. Deixe alguns dias até que o inseto seque.


Borboleta montada

ETIQUETAS DE IDENTIFICAÇÃO

Todo inseto deve ter etiquetas, escritas a lápis, nanquim ou no computador com os dados de local de coleta, data e nome do coletor.

CAIXAS ENTOMOLÓGICAS

Uma caixa de camisa ou de madeira pode servir para sua coleção. Coloque no fundo da caixa uma folha de isopor para dispor os insetos alfinetados.

Para evitar que formigas e outros insetos devorem sua coleção, coloque bolas de naftalina presas por fita crepe nos cantos da caixa, que deve ser tampada para que não entre umidade e poeira.

Observação: Coletar insetos indiscriminadamente pode ser considerado crime ecológico. Os insetos também são protegidos pelo Ibama, portanto, inicie sua coleção utilizando insetos considerados pragas urbanas e agrícolas. Para uma coleção ampla é preciso obter autorização do Ibama.